Ensaio Sobre O Entendimento Humano De Cinema

2 ideias incríveis com caixa de beijos

No decorrer do desenho os alunos de atividade tomam a parte ativa na formação do principal e objetivos atuais (intermediários) e tarefas; procure caminhos da sua decisão, escolha a decisão ótima na presença da alternativa, execute e raciocine uma escolha; forneça consequências seletas, trabalhe independentemente: compare-se recebido com o exigido; atividade correta que considera resultados intermediários; objetivamente estime o resultado do trabalho de projeto e o resultado do desenho.

Assim, no coração de uma solução criativa como o componente principal do treinamento de desenho, está não só o conhecimento de IYa, mas também a posse do grande volume de vário conhecimento sujeito necessário para a solução deste problema. O processo da integração no momento do treinamento de desenho de IYa ajuda alunos a realizar um papel do conhecimento de língua que se tornam os meios principais no bem sucedido que domina atividade de discurso de língua estrangeira, ajudam a agarrar exemplos culturais do pensamento, formar a estratégia cogitative e se atreveram a entrar na comunicação transversal cultural.

A técnica de desenho concentrou-se na individualidade do estagiário assume, assim, o seguinte: os alunos independentemente definem os objetivos e problemas da atividade de discurso de língua estrangeira, selecionam o material necessário, usando várias fontes de informação, planejam o conteúdo da atividade de discurso de língua estrangeira e executam-no, realizando o resultado necessitado.

A língua é um elemento da cultura, funciona dentro de certa cultura, por isso, os treinados têm de ser familiares com características desta cultura, e também com características do funcionamento da língua na cultura. Por isso, IYa tem de ser não simplesmente meios do reconhecimento de cultura estrangeira e história, também tem de ser intermédio estudar sobre a própria cultura que é tem de fomentar a criação do diálogo de culturas. Assim, IYa no trabalho de projeto é também uma conexão entre o mundo falante de inglês e o próprio mundo do aluno.

A ideia principal da aproximação semelhante do treinamento de IYa, assim, compõe-se na transferência de acento do vário tipo de exercícios na atividade cogitative vigorosa de alunos que exigem do registro da posse hábil de certos meios de língua.

Por isso, no decorrer da atividade de discurso de língua estrangeira cogitative vigorosa no trabalho de projeto há comunicações diferentes entre uma língua estrangeira e possuem o mundo do aluno que fomenta o desenvolvimento da competência comunicativa.

O problema que exige certos fundos de língua do partido de alunos do seu desenvolvimento e a decisão e tendo certa importância informativa prática e teórica é a pedra angular de qualquer projeto. Por exemplo:

Analisando o componente mais importante do treinamento de desenho – a autonomia de alunos, é necessário tirar a seguinte conclusão: durante a atividade projetiva no decorrer da comunicação de língua estrangeira o aluno agarra várias capacidades principais: realizar os objetivos e exigências, selecionar materiais necessários, planejar e predizer resultados, usar tipos diferentes de materiais de treino; compreender e discutir o curso e resultados; interagir com o professor e companheiros; ativamente pensar e aprender a realidade por meio de IYa, adquirir conhecimento necessário e capacidades e com sucesso usá-los em atividades práticas.

criativo (capacidade de gerar ideias para que conhecimento em várias áreas se necessita; capacidade de encontrar não um, e algumas opções de uma solução; capacidades de predizer consequências disto ou aquela decisão);

Princípio de comunicativo. Este princípio causa toda a atividade cognitiva educativa de alunos no decorrer da implementação do projeto, assumindo a natureza propositada, motivada da sua atividade de discurso, a existência de certa relação entre participantes da orientação de projeto, prática de cada ocupação.

comunicativo (capacidade de conduzir a discussão, escutar e ouvir o interlocutor, argumentar o ponto de vista apoiado com argumentos; capacidade de chegar ao compromisso com o interlocutor; capacidade laconicamente para afirmar o pensamento).